16/08/07

das Coisas Simples(1)

Lar é onde se acende o lume e se partilha mesa
e onde se dorme à noite o sono da infância.
Lar é onde se encontra a luz acesa quando se chega tarde.
Lar é onde os pequenos ruídos nos confortam:
um estalar de madeiras, um ranger de degraus,
um sussurrar de cortinas.
Lar é onde não se discute a posição dos quadros,
como se eles estivessem ali desde o princípio dos tempos.
Lar é onde a ponta desfiada do tapete, a mancha de
humidade no tecto, o pequeno defeito do caixilho, são
imutáveis como uma assinatura reconhecida.
Lar é onde os objectos têm vida própria e as paredes
nos contam histórias.
Lar é onde cheira a bolos, a canela, a caramelo.
Lar é onde nos amam.

Rosa Lobato de Faria in "O Sétimo Véu"

2 comentários:

Aspásia disse...

ERVILHA

TANTA COISA GIRA POR AI ABAIXO MAS NAO POSSO MESMO LER...

ESTA MUDANÇA DE LAR ESTA COMPLICADA...

DEI UMA OLHADA NO PERNAMBUQUÊS!!! VER SE AMANHA VOLTO PARA VER MELHOR, É GIRISSIMO!!!

BEIJOS DA AZEITONA A CAIR DE MADURA...

Oscar Luiz disse...

LAR rima com AMAR, será por acaso?

passearam no meu país...

Raríssimas...sabe o que é?

Arquivo da ervilheira

A minha "mais Kika"

A minha "mais Kika"

Dizer Não!!!

om

Alguns minutos de Boa Música

Loading...

www.endviolenceagainstwomen.org.uk