30/03/07

As pessoas anseiam pela luz não para verem melhor mas para poderem brilhar mais.

F.Nietzsche

Ao António Filipe



"Para fazer alguma coisa é preciso querer muito.
Para querer com paixão é preciso crer até à loucura."

Che Guevara

28/03/07

"Somos o que pensamos."
Se eu não sei o que penso , que serei eu?
Se eu pensar que sou Rainha, serei mesmo a Rainha?
Se eu sou a Rainha e não penso que sou a Rainha , quem sou eu?

A beleza da língua




"da minha língua vê-se o mar"
Vergílio Ferreira

27/03/07

À (in)sensibilidade da ...


As pessoas sensíveis não são capazes

De matar galinhas

Porém são capazes

De comer galinhas .


Sofia de Mello Breyner Andresen



Hoje não saio.

Vou-me enroscar nos lençóis e fazer o que eles mandam fazer.
Era jovem e sonhava.
Já não é nova.
Onde está sonho?
A doença obrigou-a ao exílio.
Regressou e continua exilada.
O veneno é sempre veneno.
Mesmo que o mistures com mel ele continuará a ser
veneno.

25/03/07

A importância de ser ervilha




Era uma vez um príncipe que queria casar com uma princesa, mas tinha de ser uma princesa a sério.Por isso, correu mundo à procura de uma , mas havia sempre qualquer coisa que não estava bem.
(...)Uma noite houve um temporal terrível.Os relâmpagos iluminavam o céu, os trovões cruzavam os ares e chovia a cântaros.Um pavor! Nisto bateram à porta da cidade e o velho rei foi abrir.
Era uma princesa.Mas, meu Deus, em que estado se encontrava por causa da chuva e do mau tempo!(...)Mesmo assim, dizia que era uma princesa a sério.
"Já vamos saber se é verdade"pensou a velha rainha.Sem dizer nada, foi ao quarto de dormir, tirou a roupa toda da cama e pôs uma ervilha junto ao estrado.Depois empilhou vinte colchões e vinte cobertores em cima da ervilha.
Foi aqui que a princesa passou a noite. De manhã, perguntaram-lhe se tinha dormido bem.
"-Oh, muito mal!-respondeu a princesa-quase não preguei olho a noite toda!Deus sabe o que tinha a cama!Dormi em cima de uma coisa dura e estou cheia de nódoas negras no corpo todo!Foi horrível!"
Viram então que era uma princesa a sério, poque tinha sentido a ervilha através de vinte colchões e vinte cobertores.(...)
Por isso, o príncipe tomou-a por esposa, pois agora sabia que tinha encontrado uma princesa a sério.
A ervilha foi para o museu, onde ainda hoje pode ver-se"...

Hans Christian Andersen- "Contos"

24/03/07

Dedicatória intencional

" o rato mete o focinho
sem pensar que fez asneira
depois, ou larga o toucinho,
ou fica na ratoeira"

António Aleixo



ao Luís Ramos -jornalista

23/03/07

SINGELO (MET)AMOR

esta é
a canção mais bonita
e só eu a posso cantar

é o meu maior
grito de vida
é o teu grito
é o meu despertar

canção de ti para mim
para mim
e feita em ti a pensar
a pensar
para me lembrar de ti
lembrar de ti
sempre que eu esteja a cantar

a minha voz
fica tão diferente
sempre que eu canto
esta canção
fica mais forte
muito mais vibrante
com esta estranha entoação

António Variações "Deolinda de Jesus"

22/03/07

Vida pacífica ou viver em paz?



"O que é que eu vou dizer da minha vida?Vou dizer que foi uma coisa meritória, estupenda?Várias pessoas podem dizer isso porque estiveram do lado de receber, eu não, eu estava do lado de dar ou de entregar, e fiz isso para meu gosto próprio. Se não tivesse feito o que fiz seria hoje melancólico,fumando cigarros tristes nos fundos de algum café e achando que o País está acabado e não há nada para fazer,exactamente o contrário do que sou hoje e penso.
Aliás, se me perguntam como é que me sinto, digo que me sinto bem, melhor do que quando tinha 20 anos. Na altura nunca dei importância ao facto de me sentir bem fisicamente ou não: agora também não dou. Quanto ao resto também me sinto muito melhor. Acho que percebo mais coisas que não entendia há alguns anos atrás.
A minha vida irá por onde eu quiser ir, eu sigo-a, vou pacífico na albarda do burro, pus-lhe a rédea ao pescoço já que ele sabe melhor do que eu o caminho a tomar; às vezes, se calhar, nos enganamos os dois, o burro e eu."

Agostinho da Silva (Filósofo Português séc.XX)


21/03/07

Ao Robert


Não acredito num deus de justiça e de amor!É demasiado humano para ser verdadeiro.

Mas isso não me leva a crer que somos apenas um feixe de átomos, o que implica que existe algo além da matéria, chamem-lhe alma, espírito, consciência...o que quiserem.


Eu creio na eternidade!








Porque a Primavera chegou....e o meu Passarinho Voltou!




A minha Primavera chegou e trouxe-me um Lindo Passarinho.

Que bom ouvi-lo piar, vê-lo voar , sentir as suas lindas peninhas.


Deixa-te ficar Lindo passarinho...pousa no meu ombro e não te encantes com as árvores, não ouças quem te chama, fica aqui no meu ombro , só este minuto , e agora voa , vai!








Celebrar a Poesia no feminino- 21 Março Dia Mundial da Poesia


O Poema

O poema não é o canto

que do grilo para a rosa cresce.

O poema é o grilo

é a rosa

e é aquilo que cresce.


É o pensamento que exclui

uma determinação

na fonte donde ele flui

e naquilo que descreve.

O poema é o que no homem

para lá do homem se atreve.


Os acontecimentos são pedras

e a poesia transcendê-las

na já longínqua noção

de descrevê-las.


E nessa própria noção é só

uma saudade que se desvanece

na poesia.Pura intenção

de cantar o que não conhece.



Natália Correia "Poemas" 1955

20/03/07

À Rita


"Não há comparação entre o que se perde por fracassar e o que se perde por não Tentar."


Francis Bacon

19/03/07

19 Março-Dia de S.José( Dia do Pai)


Mais uma data que só deveria fazer sentido para quem é religioso, católico, praticante ou não...
Mas, quase todos sentem necessidade de marcar esta data com um mimo, um presente,um elogio ao seu Pai.
Eu já não tenho o meu Pai.
Morreu , cedo demais, e deixou-me com a dor que o tempo não cura.
Não me lembro mais dele neste dia.
Não lamento mais a falta que me faz neste dia.
Não o amo mais neste dia.
No entanto, também eu, sou contagiada pelas mensagens persuassivas, pelas montras decoradas a preceito, pelos comentários das crianças, que plenas de alegria, voltam para casa com um desenho, uma cartolina pintada com um "O meu Pai é o melhor do Mundo"!
A minha filha fazia-o quando era pequenina e perdeu esse enlevo com o tempo, porque ser pai não é só dizer que se ama os filhos...é mostrar, permanentemente, aos filhos que eles são amados.Tenho saudade do engenho que ela investia nos seus presentes, onde a sua alma de artista plástica já dava os primeiros passos.Estão fechadas em caixas de papelão 14 dedicatórias e poemas, desenhos, cinzeiros,porta canetas e outras invenções , aguardando que um dia ela queira recordar os tempos em que sentia como era tão bom o seu pai!
Só por isso vale a pena relembrar e tratar este dia como um dia de efeméride, sem ofensa a S.José, de todas as crianças que têm Pai e de todos os pais que amam as suas crianças.
A todos os Pais do mundo um bom dia!
E nunca se esqueçam que há quem conte convosco para sempre!

18/03/07

DIZ....EUGÉNIO...DIZ!


Diz homem, diz criança, diz estrela.

Repete as sílabas onde a luz é feliz e se demora.

Volta a dizer: homem, mulher, criança.

Onde a beleza é mais nova.



Eugénio de Andrade

A vida em estado de ansiedade

Continuo à espera.
Espero calmamente, eclecticamente,
com uma serenidade que não me pertence.
Espero...
Continuo a aguardar.
Aguardo uma gota de chuva no meu rosto
um golfada de espuma marítima
um ai na escuridão
um latido de amor na noite escura
E, enquanto espero paro no tempo
e não me conheço.
E não sei se sou, que sou, quem sou
mas sei o que poderia ser!
Acaba, espera estúpida.Acaba!
Tudo tem um fim
e tu também findarás
e então olharei de frente o sol
e direi ...Não espero mais!

17/03/07

A (des)Honra da nossa Língua




Tenho um projectozinho de solidariedade no Marco de Canavezes*e na altura do Natal estive por lá bastante tempo.
Um dia, por volta da hora do almoço, fui ao MB para fazer o óbvio e uma mulher, andrajosa, muito escura(de pele e roupa) , cheia de sacos e algaraviar qualquer coisa pediu-me 1 euro...eu desviei-me pois "cheirou-me" a crava romena( até pareço homofóbica!?).
Ela insiste e eu faço de conta. Volta a insistir e agarra-me o casaco e diz "um ouro sinhora!! "a que eu respondo "No lo entiendo!!"
Resposta rápida da mulher- És espanhuela??mi gusta mucho espanha, mi marido travaja a Madrid!
Feliz navidad!..bem enfiei( não a viola ao saco...) a mãozita no porta-moedas e lá vai 1 ouro para a pedinte mais poliglota do reino dos marcoenses.

Digam lá se não é preciso ter azar?? ?


*Para quem não sabe o Marco de Canavezes fica depois do Porto(a norte) e antes da cidade de Teixeira de Pascoaes-Amarante.

16/03/07

O Amor tem cor???

Hoje o céu está mais azul

Eu sinto

Fecho os olhos, mesmo

assim

Eu sinto

O meu corpo estremecer

Não consigo adormecer

Ah!nem o tempo vai chegar

P'ra dizer o quanto sinto

Você longe de mim

É uma espécie de dor

Hoje o céu está mais azul

Eu sinto

Olho à volta mesmo assim

Eu sinto

Que este amor vai acabar

E a saudade vai voltar

Ah, nem o tempo vai chegar

P'ra dizer o quanto eu sinto

Você longe de mim

É uma espécie de dor.

Já não sei o que esperar

Dessa vida fugidia

Não sei como explicar

Mas é mesmo assim o amor.

Rodrigo Leão "Cinema"(voz de Rosa Passos)

15/03/07

HÁ META E DIÁLOGO NO AMOR?



No nosso mundo o amor tem um estatuto, pelo menos, bizarro.

Por um lado, repetimos até à exaustão que a vida não se pode focar no trabalho, nas tarefas que se devem e têm de ter, nas actividades que deixam de lado uma certa qualidade de investimento afectivo, em que o sensual e o sexual de entrecruzam e proporcionam uma qualidade de tensão emocional a que denominamos de paixão,enamoramento ou até romance.


Ou seja, parece que defendemos que, para lá de todos os vínculos, que também designamos de amorosos. e que nos ligam a pessoas tão significativas como os nossos pais, os nosos filhos e até com os nossos amigos, temos então, de ter relaçoes electivas e privilegiadas em que a dimensão do ser humano, homem ou mulher tenha espaço de expressão e de confirmação.


No entanto todas as histórias que nos vão surgindo,de pessoas que vamos conhecendo todos os dias, temos tendencia a achar as mesmas apatetadas e piegas, amores desencontrados,encontros fortuitos, desencontros planeados...e ficamos sem jeito quando os nossos amigos, já com cabelos brancos e vestindo fatos cinzentos impecáveis, e as amigas sempre bem penteadas, de unhas de gel e odores fortes da casa dior, se desfazem em lágrimas, à mesa do restaurante, porque o seu amado se foi, partiu, desapareceu.Mas a coisa não melhora nada se os de média-idade se substituirem por jovens-menos vividos mas, com as identicas crises de ansiedade e a convicção de que a vida e o mundo deve estar a desfazer-se pois perderam o seu amor.Se, no entanto, as relações decorrerem calmas, sem soluços, convulsões nem aflições, tendemos a pensar no hábito, no utilitarismo e no conformismo, como se o bem estar consecutivo tivesse qualquer coisa de teatral.
Feitas bem as contas, ficamos sem saber o estatuto que deve ter o amor, o lugar que é suposto ocupar nas nossas vida, as modalidades expressivas em que são supostas de ocupar as nossas vidas para não cairmos no ridiculo de fazermos figuras de pinga-amores ou pelo contrário, de chatérrimos insensíveis e desinteressados...

"Mas onde é que há lugar e tempo para falar de amor?"-questionou Carven


Eu respondo: Por favor não me digam que é necessário recorrer a poetas velhos e bloguistas novos...










13/03/07

A VIDA É METAMORFOSE?

"foi o meu pai que me ensinou a escrever: meu pai ensinou-me a escrever.
primeiro apenas algumas letras simples, esquemas quase geométricos, soltos mas que assim sozinhos eram já expressão
possível .pelo menos para mim que perguntava muitas vezes é?
o meu pai ensinou-me a escrever. a maior parte das vezes para que pudesse assinar os desenhos e as colagens e as pinturas e os recortes, para que não tivesse outro que o fazer ou para que não fosse alguém levá-los, usurpá-los, confundi-los copiá-los ou simplesmente perderem-se e nunca mais se acharem.
e, penso, por razões sobretudo de sobrevivência dos documentos de mim, o meu Pai me ensinou a escrever.
primeiro o meu nome. o meu primeiro nome. em letra maiúscula e de imprensa, em folhas brancas, sem linhas, nos espaços desocupados pelas imagens.
depois aprendi os números.
mais tarde vi -o e já não pudemos escrever, nem rir , nem sonhar . vi-o Morrer!"

Adpatação livre de um texto do livro "poemas ôcos e outracidades" de Marta Bernardes

IVG-METADIÁLOGO DE UM CASAL

"Lamento que a proposta de lei preveja um período de reflexão de três dias, algo que a Organização Mundial de Saúde desaconselha e que, pessoalmente me parece descriminatório. É um desrespeito assumir que a mulher que solicita uma IVG não reflectiu, e muito, sobre a sua decisão."
Rebecca Gomperts
(líder de Women on Waves, barco impedido de entrar em território português por ter sido considerado uma ameaça nacional -nome mais conhecido "O Barco do Aborto")

12/03/07

METALIBERDADE






"Tens inteira liberdade de te absteres dos sofrimentos do mundo, isso corresponde à tua natureza; mas talvez o facto de te absteres seja o único sofrimento que possas evitar."

Franz Kafka

11/03/07

AS QUATRO ESTAÇÕES






"La Femme ne devrait vivre
qu`une saison sur quatre , comme les fleurs.
Elle reparaîtrait tous les ans."
Jules Renard



10/03/07

METANATUREZA



"Amo-te !- disse o Sol à Flor e ela morreu abrasada..."


Ernesto Bono

09/03/07

METAZUL


COR AZUL




Azul céu.

Azul mar.

Azul miósotis.

Azul turquesa.

Azul da cor das nódoas negras que me marcam o corpo.

Azul eterninade.

Azul finitude.

Azul morte.

Sinopse de cores mais belas.

Morte Azul.

Dor Azul.

Quero morrer no Azul do Planeta mais Azul-Vermelho de Sangue.

08/03/07

8 DE MARÇO-"DIA INTERNACIONAL DA MULHER"-O DIÁLOGO SEMPRE FOI POSSÍVEL!!



Acabar urgentemente com o escândalo da gritante desigualdade entre homens e mulheres: durante décadas o Dia da Mulher tem vindo a apelar para esta magna tarefa a nível mundial. Uma luta que continua longe (muito longe!) de ser ganha: basta , simplesmente, observar o mundo que nos rodeia para nos darmos conta da sua actualidade.
Convém, no entanto, sublinhar: não é para se tornarem iguais ao homem que as mulheres comemoram o dia 8 de Março, mas sim, para serem respeitadas e reconhecidas na sua própria maneira de ser, de pensar e de viver!
Para que, finalmente, seja valorizada essa sua insubstituível contribuição para a humanidade.

06/03/07

A META É VIVER?



Vivo sempre no presente.O futuro, não o conheço.O passado, já o não tenho.
Pesa-me um como a possibilidade de tudo, o outro como a realidade de nada.
Não tenho esperanças nem saudades.
Conhecendo como tem sido a minha vida até hoje- tantas vezes e em tanto contrário do que eu a desejara- , que posso presumir da minha vida de amanhã senão que será o que não presumo, o que não quero, o que me acontece de fora, até através da minha vontade? Nem tenho nada no meu passado que relembre com o desejo inútil de o repetir.
Nunca fui senão um vestígio e um simulacro de mim.
O meu passado é tudo quanto não consegui ser.Nem as sensações de momentos idos me são saudosas:o que se sente exige o momento; passado este, há um virar de página e a história continua, mas não o texto


Bernardo Soares in "Livro do Desassossego II"

CONTOS TRADICIONAIS-O POVO SEMPRE SOUBE


"Em tempos que já lá vão um lavrador mandou ensinar a ler os cinco filhos que tinha; e depois de se acharem prontos para as lidas da vida, tratou de saber que carreira pretendiam seguir.
Falou o mais velho:
- Eu cá só queria mandar e fazer andar gente às minhas ordens.
- Pois bem, vais sentar praça para chegares a comandante e mandares na tropa.
- E eu desejo aprender como é que se esfola gente.
- Bem te entendo, queres ir formar-te em Direito, serás advogado, tratando de demandas, aconselhando os teus constituintes.
- Para mim, o que me servia era saber como se pode matar gente sem crime.
- Vais estudar para médico, já que é essa a tua vocação.
E olhando para o quarto filho, que estava com um sorriso alvar, perguntou-lhe
- Dize lá a profissão que te agrada mais, para assim te encaminhar.
- Ah, Pai! o que eu queria mesmo era ter arte de comer bem e cantar de papo, sem fadigas de trabalho.
- Estás bom para bispo, darás um com excelência.
O quinto filho já estava impaciente, e antes de ouvir a pergunta, disse deliberadamente:
- A mim, mande-me para uma profissão que seja muito rendosa.
- Muito rendosa? Explica-te melhor, meu filho.
- Que ajunte muitos bens, mentindo sempre.
- Compreendo o que tu queres.Serás um grande...."*****



Retirado dos Contos Tradicionais do Povo Português de Teófilo Braga



*****-Fica ao seu critério a profissão escolhida para este 5º filho

05/03/07

ONDE ESTÁ O AMOR?-metadiálogo da natureza



Deus cansa-se dos reinos, mas não das florzinhas
Estás muito longe de mim, ó fruto!Estou no teu coraçao, Flôr!
Não te detenhas a colher flores para guardá-las; caminha, caminha
pois as flores se guardarão a si mesmas, florescendo em toda a sua jornada.
A folha quando ama torna-se flor. A flor quando adora torna-se fruto.
Não será arrancando à flor as suas folhas que lhe colherás a sua formosura.
A noite abre as flores em segredo e deixa que o dia receba os agraecimentos.
Perdi a minha gotazinha de orvalho!-disse a flor ao céu do amanhecer, que perdera todas as suas estrelas...

"Pássaros Perdidos"-Rabindranath Tagore

04/03/07

A INFINITA INSENSATEZ DA MORTE


"Maria morreu esta noite.O seu corpo repousa ainda esta manhã no quarto, pois os maqueiros, ainda não vieram buscá-la.Fui até lá, ao chegar.Parece incrivelmente jovem, agora que o seu rosto já não tem qualquer marca do seu sofrimento.Acho-a bela, comovente....No entanto há algo de inexplicável que se desprende dela, como uma marca daquilo que foi,..,como um perfume algo persistente, não sei dizer.
Certas tradições dizem que a alma permanece ainda algum tempo perto do corpo....
Ela estaria sempre ali, pois "o amor é mais forte do que a morte", como ela gostava de dizer sempre.Fora a sua última promessa."

Marie de Hennezel-"Diálogo com a morte"

03/03/07

VIDA AMOR E DOR-O ABSURDO IMPOSSÍVEL DA REALIDADE


"Porque no Impossível é que está a realidade.
Lóri suportava a luta porque Ulisses, na luta com ela, não era seu adversário:lutava por ela.
-Lóri, a dor não é motivo de preocupação.Faz parte da vida animal.
Ela apertou as mandíbulas, olhou para a lua gelada, olhou o zénite da esfera celeste.
Ele esmagava uma folha que caira da árvore sobre a mesa do bar. E como para lhe dar de presente alguma coisa, ele disse:
-Sabe o que é sarcofila?
-Nunca ouvi essa palavra, respondeu.
-Sarcofila é a parte carnosa das plantas. Segure esta e sinta.
Estendeu-lhe a folha, Lóri tacteou-a com dedos sensíveis e esmagou-lhe a sarcofila.Sorriu.Era lindo dizer e pegar em :sarcofila"

Clarice Lispector"Uma aprendizagem ou o Livro dos Prazeres"

02/03/07

PARA TI FADA -MENINA,MENINA- FADA


"E o Poeta disse-lhe:
-O que tu me trazes é muito mais do que a beleza.
No mundo há muitas meninas bonitas. Mas só tu é que podes encantar a noite porque és uma fada."

Sophia de Mello Breyner Andresen-"A Fada Oriana"

01/03/07

,METÁFORAS DA VIDA


Há uns anos Pélé, o grande jogador de futebol brasileiro, foi entrevistado sobre a precaridade da sociedade brasileira e sobretudo sobre a extrema pobreza das favelas.Perante o discuro interpelativo do jornalista, que insistia em recolher uma opinião declarada de Pélé, sobre a condição ds pretos e a sua , ainda , maior condição de pobreza extrema e o quão chocante isso deveria ser para o mesmo , Péle respondeu :

"...eu sei bem o que isso é!! Eu já fui preto!!"


Recolha auditiva da própria

passearam no meu país...

Raríssimas...sabe o que é?

Arquivo da ervilheira

A minha "mais Kika"

A minha "mais Kika"

Dizer Não!!!

om

Alguns minutos de Boa Música

Loading...

www.endviolenceagainstwomen.org.uk