22/09/07

...outras Significâncias!

AMIGO

Mal nos conhecemos
Inaugurámos a palavra «amigo».

«Amigo» é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo,
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece,
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!

«Amigo» (recordam-se, vocês aí,
Escrupulosos detritos?)
«Amigo» é o contrário de inimigo!
«Amigo» é o erro corrigido,

Não o erro perseguido, explorado,
É a verdade partilhada, praticada.

«Amigo» é a solidão derrotada!

«Amigo» é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
«Amigo» vai ser, é já uma grande festa!



Alexandre O’Neill, in "No Reino da Dinamarca"

4 comentários:

PAH, nã sei! disse...

Algo vai mal no reino de qualquer um, quando não conseguir dizer: obrigada amigo(a)!
Obrigada pelo minuto de atenção...
Obrigada por, mesmo longe, te sentir aqui tão perto...


Já agora, obrigada "amiga ervilhinha" pela selecção de boa música! Já para não falar no efeito visual ... (ai "ferrão", "ferrão"... a trinca que te dava ;)

Aspásia disse...

AMIGA ERVILHINDA !!!

GOSTAS DO NEOLOGISMO???

VÊ BEM O QUE EU NÃO FAÇO PARA TE VER (IMAGINAR) SORRIR!!!

BEIJOKA NEOCLÁSSICA...

TINTA PERMANENTE disse...

Sempre me deleito nas bailadas palavras de O'Neill. A propósito já o meu velho tio Juvelino me dizia 'queima velha lenha, bebe velhos vinhos, lê velho livros e guarda velhos amigos'...
Abraço.

Oscar Luiz disse...

Belas palavras, aliás não parece difícil encontrar bonitas definições de amizade, difícil mesmo é encontrá-la.
Um grande abraço a minha MELHOR AMIGA portuguesa!

passearam no meu país...

Raríssimas...sabe o que é?

A minha "mais Kika"

A minha "mais Kika"

Dizer Não!!!

om

Alguns minutos de Boa Música

Loading...

www.endviolenceagainstwomen.org.uk