21/03/07

Ao Robert


Não acredito num deus de justiça e de amor!É demasiado humano para ser verdadeiro.

Mas isso não me leva a crer que somos apenas um feixe de átomos, o que implica que existe algo além da matéria, chamem-lhe alma, espírito, consciência...o que quiserem.


Eu creio na eternidade!








3 comentários:

robert disse...

Maria

Deus será "humano" na medida em que foi criado pelo Homem... à sua imagem e semelhança!

Agora, Justiça e Amor parece que são "Elementos da tabela periódica sentimental" pertencentes ao grupo dos "muito raros"... por isso muito preciosos também...

Pena é não existir a cisão do átomo do Amor, e uma "Bomba Amórica" que disseminasse por todo o Mundo este precioso Elemento!

Eternidade... só a entendo como um percorrer de ciclos intermináveis... mas repetitivos ao longo do tempo...
como você pode eternemente precorrer o globo terrestre sem nunca parar... devido ao mesmo ser redondo... como uma ervilha, aliás!

Bem, eu sou Robert e não Albert...
por isso acho melhor ficar por aqui e desculpe se macei.

Beijinho humano.

robert disse...

Ah! Agora entendi pq o comentário não apareceu à primeira!

Mas qual o metamotivo desta pré-qualificação?? Será humano... ou divino?

:?

Maria Velho disse...

Robert

Nunca aborrece... e este pequeno texto tinha a pretensão, pelos vistos mal sucedida, de ser uma pequenina homenagem a quem é!!
Quanto ao metacontrolo deve-se apenas a não querer a minha casa cheia de lixo (não tenho nenhum aterro), compreende?

Um abraço humano e de grande empatia.
Robert( porque de Albert tb temos todos um pouco!)

passearam no meu país...

Raríssimas...sabe o que é?

Arquivo da ervilheira

A minha "mais Kika"

A minha "mais Kika"

Dizer Não!!!

om

Alguns minutos de Boa Música

Loading...

www.endviolenceagainstwomen.org.uk